Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

História

Conheça um pouco da história da Secretaria Estadual de Obras

Palácio Piratini
Palácio Piratini - Foto: Jean P.H.Maidana / ASCOM SOP

No dia 21 de março de 1890 foram criadas as Secretarias de Agricultura e Obras, do Interior e da Fazenda. Na época, a Secretaria de Obras foi incorporada pelos funcionários da “Diretoria de Agricultura e Obras”, tendo serviços distribuídos pelos setores de forma independentes, porém reportados diretamente ao titular da pasta.

A Hierarquia das secretarias foi definida sob a constituição do Presidente do Estado, assistido por três secretários de estado, delegados para atuar nas áreas dos negócios do Interior e Exterior, da Fazenda e outro das Obras Públicas.

Em meados de 1935, o Estado do Rio Grande do Sul passa pelo processo de expansão e de reforma administrativa, sendo criadas as Secretarias de Educação e Saúde Pública, Agricultura e Indústria e Comércio. A partir dessa reforma a Secretaria de Obras se torna referência na construção e reforma dos prédios públicos das secretarias, autarquias e empresas.

E nestes 126 anos de história, as demandas voltadas para viação terrestre e fluvial, saneamento, habitação, urbanismo, economia, agricultura e, até mesmo de serviços geológico e mineralógico serviram de razão para a constituição de diretorias especializadas para atender estas áreas, assim como para o protagonismo da SOP no desenvolvimento do estado.  

A partir de 2011 foi integrada à Secretaria de Obras Públicas as áreas de Irrigação e de Desenvolvimento Urbano – fortalecida com a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan).

A Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação (SOP), em função da dinâmica da ação governamental, assumiu na atual gestão um novo perfil administrativo, transformando os desafios para o desenvolvimento do Estado em oportunidades de crescimento econômico e social.

No início do ano de 2015 o Governo do Estado promoveu uma alteração na estrutura administrativa, extinguindo algumas secretarias e integrando outras pastas da administração. Foram integradas à Secretaria de Obras as áreas de Saneamento e Habitação, assim como a Companhia Riograndense de Saneamento - CORSAN. O departamento de irrigação passou a integrar a estrutura da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação e a METROPLAN foi para Secretaria de Planejamento. 

Missão e Visão

Missão: “Fazer parte da vida dos gaúchos nas áreas de Saneamento, Habitação, planejamento, gestão de projetos e obras públicas para a construção de um Estado cada vez melhor.”

Visão: “Ser a referência, pela sua autoridade técnica, da geração de padrões e conceitos construtivos na solução de projetos e obras públicas.”

Centro Administrativo Fernando Ferrari
Centro Administrativo Fernando Ferrari - Foto: Jean P.H.Maidana / ASCOM SOP

Está vinculada à SOP:

CORSAN – Companhia Riograndense de Saneamento

A Companhia Riograndense de Saneamento foi criada em 21 de dezembro de 1965 e oficialmente instalada em 28 de março de 1966, sendo esta a data oficial de sua fundação. O desafio de proporcionar ao Rio Grande do Sul e a sua população melhor qualidade de vida foi enfrentado pela empresa que surgia. E a imagem do aguadeiro, que precariamente abastecia as populações no início do século, ficou definitivamente na história.

Atualmente, a CORSAN abastece mais de 7 milhões de gaúchos. Isto representa 2/3 da população do Estado, distribuídos em mais de 316 localidades.

Locais

Conteúdos relacionados

Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação