Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Consulta Popular destinará R$ 3,6 milhões para habitação e manutenção de estradas rurais

Publicação:

Consulta Popular destinará R$ 3,6 milhões para habitação e manutenção de estradas rurais
Consulta Popular destinará R$ 3,6 milhões para habitação e manutenção de estradas rurais - Foto: Jean P.H.Maidana / ASCOM SOP
Por Ana Luiza Godoy/ASCOM SOP

A Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação (SOP) será contemplada com R$ 3.650.783,43, por decisão da Consulta Popular, para investir em manutenção de estradas vicinais e em programas de habitação de interesse social no próximo ano. A Consulta Popular 2017-2018 ocorreu entre os dias 1º e 3 de agosto pela internet, em aplicativos disponibilizados pelos Coredes e por SMS , e registrou o total de 705.835 mil eleitores que escolheram as prioridades de investimentos regionais. 

Para a manutenção de estradas vicinais, o Alto da Serra do Botucaraí receberá R$ 1.596.000,00; os Campos de Cima da Serra contarão com R$ 451.428,57; o Litoral receberá R$ 737.069,14; e o Vale do Jaguari contará com R$ 497.142,86. A região das Hortênsias será beneficiada com R$ 369.142,86 para programas de habitação de interesse social.

Consulta Popular destinará R$ 3,6 milhões para habitação e manutenção de estradas rurais
Consulta Popular destinará R$ 3,6 milhões para habitação e manutenção de estradas rurais - Foto: Jean P.H.Maidana / ASCOM SOP

A partir da próxima semana, os Coredes se reunirão com representantes das secretarias dos programas vencedores para definir os projetos regionais beneficiados. As demandas serão incluídas na Lei Orçamentária Anual (LOA), que será encaminhada à Assembleia Legislativa até 15 de setembro.

Instituída em 1998, a Consulta Popular é um instrumento de participação da população no orçamento estadual. As regiões elegem suas demandas em audiências públicas e assembleias municipais, elencando as principais prioridades da sociedade. O governo do Estado está destinando R$ 50 milhões para o processo no Orçamento de 2018.

*Com informações da SPGG

Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação