Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governo do Estado beneficia 800 famílias com recuperação de estradas em São Francisco de Paula

Publicação:

capa site
Recuperação de estradas beneficiará o escoamento da produção e atenderá quase mil quilômetros - Foto: Saul Teixeira - Ascom SOP/RS
Por Saul Teixeira - Ascom SOP/RS

O governo do Estado oficializou nesta sexta-feira (10) o empréstimo de escavadeira hidráulica para a recuperação de mil quilômetros de estrada vicinais no município de São Francisco de Paula, na Serra. O convênio foi firmado pelo secretário de Obras e Habitação, José Stédile, e o prefeito Marcos Aguzzolli. Serão beneficiadas cerca de 800 famílias.

Stédile destacou que a iniciativa atende a uma antiga demanda da cidade. “O empréstimo de maquinário é o investimento na pauta municipalista, tão carente de apoio e investimentos. Nosso foco é o desenvolvimento do Estado a partir do fortalecimento dos municípios”, disse o titular da pasta, lembrando que a iniciativa é liderada departamento de Desenvolvimento Urbano da secretaria de Obras através do Programa de Apoio Aos Municípios. Atualmente, as cidades de Alvorada, Farroupilha, Jaguarão, Santa Vitória do Palmar, Sapiranga, Vale Verde e Vila Maria também estão contempladas.

O maquinário estará à disposição da prefeitura por 540 dias. “O volume de chuva do município é um dos maiores do Estado, o que agrava as condições das nossas estradas”, destacou o prefeito Marcos Aguzzolli. Ele salienta que a recuperação de estradas beneficiará o escoamento da produção de hortigranjeiros e alavancará a distribuição de água aos demais municípios gaúchos. “O transporte escolar é outro serviço contemplado, trazendo segurança e comodidade aos estudantes. O apoio do governo do Estado será fundamental para o desenvolvimento dos nossos distritos”, completou.

sadi site
Empréstimo de maquinário para a recuperação de estradas está entre as principais funções da SOP - Foto: Saul Teixeira - Ascom SOP/RS

O trabalho inicialmente atenderá as localidades de Aratinga, Boa Vista, Campestre do Tigre, Cazuza Ferreira, Cruzinha, Capão Alto, Itagiba, Lagoas, Samambaia e Tainhas. “Por uma questão topográfica, são localidades que acumulam um maior nível de água e registram os maiores problemas”, destacou o secretário municipal de Obras, Rui Paim, justificando o Plano de Trabalho apresentado pela prefeitura.

Também estiveram na assinatura do convênio o secretário municipal de Planejamento, Alexandre Coruja e o vereador Sadi Reis da Silva, bem como a diretora de Desenvolvimento Urbano da secretaria, Letícia Gomes, e a assessora de gabinete Claudia Machado.

Secretaria de Obras e Habitação