Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Centros da Juventude atenderão 60 mil pessoas em vulnerabilidade social

Publicação:

Stedile e sec mauro
Secretário Mauro e titular da SOP, José Stédile, em reunião ocorrida em janeiro deste ano - Foto: Saul Teixeira - arquivo SOP/RS
Por Saul Teixeira - Ascom SOP/RS

A construção dos cinco Centros de Juventude pautou reunião entre o secretário de Obras e Habitação, José Stédile, e o titular da pasta da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, Mauro Hauschild. 

O governo do Estado está investindo R$ 24 milhões na construção dos espaços. Os recursos são frutos de uma parceria entre o governo gaúcho e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Os centros são parte do Programa de Oportunidades e Direitos (POD), com previsão de atender 60 mil jovens em vulnerabilidade social na capital e na Região Metropolitana.

As cinco unidades estão sendo construídas em Porto Alegre, nos bairros Lomba do Pinheiro, Restinga, Cruzeiro do Sul e Rubem Berta; e em Alvorada, na Umbu. "Já Viamão, na Santa Cecília, outro polo do programa, está contemplado com a reforma do atual espaço, onde já funcionou a Escola Ana Jobim", disse Mauro.

cjs
Reunião virtual debateu o andamento das obras ligadas à Secretaria da Justiça - Foto: Lucas Leal - Ascom SOP/RS

Também presente na reunião virtual ocorrida na terça-feira (27/04), a secretária-adjunta de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Izabel Matte. A previsão é que os primeiros CJ's sejam entregues à população ainda em 2021.

"Seguimos trabalhando de forma conjunta com diversas secretarias com foco na qualidade de vida dos gaúchos e gaúchas", resumiu Stédile.

Secretaria de Obras e Habitação