Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Assinado aditivo de contrato para obras de esgotamento sanitário em Santa Maria

Publicação:

camobi 2
Aditivo no valor de R$ 4,4 milhões foi assinado para a implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário - Foto: Tiago Belinski - Ascom SOP
Por Jean P. H. Maidana/ASCOM SOP

Na manhã deste sábado (10), o secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira, e o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, assinaram o termo aditivo de contrato no valor de R$ 4,4 milhões para obras da Corsan de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do bairro Camobi. O ato foi realizado na Feira de Camobi.

“A assinatura deste aditivo é a garantia de que a obra não irá parar, mas sim ampliar os serviços para outras localidades do bairro de Camobi, como a Progresso 1 e 2, que antes não constavam no projeto. Com a conclusão do serviço vamos atender quase a totalidade do bairro. Sabemos que as obras de esgotamento sanitário trazem alguns transtornos, mas os benefícios gerados refletem na saúde, no bem-estar, meio ambiente e na qualidade de vida da população”, destacou o secretário Fabiano Pereira.

Fabiano Pereira também falou sobre a momento histórico para a Corsan e para o município com a renovação do contrato, lembrando que Santa Maria é um dos maiores clientes da companhia. “Há tempo, a cidade queria um contrato mais adequado, no qual ficassem mais recursos da companhia, e que houvesse investimentos no município. Com o novo contrato, serão R$ 544,5 milhões investidos ao longo dos próximos 35 anos”, afirmou o secretário.

Para o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, o aditivo demonstra o compromisso e o diálogo entre o município e a Corsan para promover o desenvolvimento da cidade. “Através desse diálogo, estamos planejando as ações em total sintonia, garantindo investimento no município e a sustentabilidade da companhia”, destacou.

camobi 3
Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) atenderá também o Campus da UFSM - Foto: Tiago Belinski - Ascom SOP

O superintendente regional da Corsan Centro, José Epstein, representando o diretor presidente da Corsan, Flávio Presser, destacou os investimentos em esgotamento sanitário no bairro, que, somados ao que já foi aplicado, totalizam R$ 30 milhões. “Essas obras eram uma demanda de mais de vinte anos. Desde 2015 estamos avançando de forma significativa para concretizar esse compromisso”, destacou.

Quando as obras forem concluídas, Camobi contará com 75 km de redes coletoras e mais 30 km de ramais domiciliares. Além de beneficiar 26 mil moradores de Camobi, um dos bairros mais importantes da cidade, também serão beneficiadas mais 30 mil pessoas que diariamente frequentam o campus da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Estiveram presentes no ato o chefe de gabinete da SOP, Pedro Maboni, o diretor de Saneamento, Jean Bordin, representando o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Alexandre Vargas, além dos vereadores Leopoldo Vanderlei Ochulaki e Jorge Trindade, do secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Rural, Luís Gonzaga Trindade, funcionários da corsan e comunidade local.

Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação